Reservar
PT · EN

Olissippo News

Artigos
|
03 ago 2020

10 SUGESTÕES DE ESPAÇOS VERDES EM LISBOA


Na cidade de Lisboa há um pouco de tudo e, apesar de agora estar mais calma fruto dos tempos da pandemia em que vivemos, os espaços verdes são um dos atrativos que agradam toda a gente. Vamos dar-lhe sugestões de diversos jardins e parques do centro da cidade.
 

Parque Florestal do Monsanto

Em Lisboa há espaços verdes com dimensões variadas e com mais ou menos infraestruturas. É só escolher o que lhe agrada mais! 
Respire fundo, aproveite o que a natureza nos dá, divirta-se e relaxe num momento sem preocupações ao ar livre.


Jardim da Estrela
Praça da Estrela

O Jardim da Estrela começou a ser construído em 1842.
A sua fauna atualmente cinge-se aos guarda-rios, pavões, cisnes, garças noturnas e a sua flora reúne inúmeras qualidades de plantas como ragoeiros, plátanos, árvore de borracha australiana, bela-sombra, bananeira, coqueiro-dos-jardins, entre outras espécies. Pode aproveitar também os espaços de relvado para estender uma toalha e fazer um picnic. 
Ou pode tomar uma bebida e petiscar qualquer coisa na cafetaria ou no quiosque recentemente recuperado. O parque infantil sempre foi um dos seus atrativos para as famílias.

Jardim da Estrela

Jardim Botânico Tropical
Largo dos Jerónimos, 1400 Lisboa

Situado em Belém, junto ao Mosteiro dos Jerónimos, este magnífico jardim com cerca de 7 hectares é especializado na flora tropical e subtropical, incluindo mais de 500 espécies originárias de diversos continentes.  Destacamos o lago com a sua “ilha de fruteiras e ainda o Jardim Oriental, local temático que tem como modelo os jardins orientais.
 

Jardim Botânico da Ajuda
Calçada da Ajuda, s/n, 1300-011 Lisboa

Inaugurado em 1768, com conceção do naturalista italiano Domingos Vandelli, este foi o primeiro jardim botânico português.  Oferece uma vista fantástica do estuário do Tejo e da margem sul que é enquadrada pelo casario pitoresco da zona histórica da Ajuda e Belém. O jardim é ornamentado por vários lagos e uma fonte central (Fonte das 40 bicas), que se destaca pela sua riqueza de peças esculpidas em pedra de animais marinhos. Os visitantes do jardim podem ainda contar com companhia de pavões que se passeiam livremente pelo espaço com a sua impressionante plumagem.



Parque Florestal do Monsanto
Monsanto, Lisboa

Com 900 hectares de mata diversificada, o Parque Florestal de Monsanto é conhecido como o pulmão da cidade de Lisboa. É local de eleição na cidade para passeios, para a prática de atividades ao ar livre, piqueniques ou apenas para a contemplação da natureza. O Centro de Interpretação de Monsanto é  a porta de entrada para quem deseja conhecer o parque de forma mais aprofundada. Entre outros equipamentos contam-se os parques recreativos - Serafina, Alvito e Moinhos de Santana -, um anfiteatro, parques de merendas, circuito de manutenção, parede de escalada, ciclovias, trilhos de BTT e até um parque de campismo.


Estufa Fria
Parque Eduardo VII, 1070-099 Lisboa

É um importante espaço verde da cidade de Lisboa, que foi inaugurado com 1933. A Estufa Fria está situada no Parque Eduardo VII, e inclui três áreas distintas: a Estufa fria, a Estufa quente e Estufa doce. Reza a história que este jardim terá começado a ser plantado quando a pedreira de basalto que ocupava este espaço ficou inativa. A cova da pedreira e a nascente de água aqui descoberta terão sido terreno fértil para albergar espécies oriundas do mundo inteiro.


Jardim do Campo Grande
Campo Grande, 1700-162 Lisboa

Com uma área superior a 10 hectares, o Jardim do Campo Grande é o maior espaço verde do centro de Lisboa. Passeio público desde o século XVI, foi no século XIX que se deu início à sua plantação e que aqui se chegaram a realizar corridas de cavalos. Já no século XX, em 1945, o jardim sofreu uma remodelação, pela mão de Keil do Amaral, mas no final do século, início do século XXI, ele era considerado local pouco recomendável. Em 2013, a zona norte do jardim foi alvo de importantes obras que lhe conferiram melhor exposição, iluminação e segurança. O lago, elemento central do jardim, tem barquinhos a remos para os visitantes desfrutarem de um passeio. E ainda uma esplanada muito agradável.


Jardim da Fundação Calouste Gulbenkian
Av. de Berna 45-A, Lisboa

Este espaço foi adquirido pela Fundação em 1957, e a conceção do Parque, jardins interiores e terraços ajardinados foi confiada aos arquitetos paisagistas Gonçalo Ribeiro Telles e António Viana Barreto. Em 2002 iniciou-se novamente uma remodelação do espaço, com novos caminhos, novas plantas e espelhos de água.
O grande lago central assume-se como principal ponto de convergência do Jardim da Fundação Calouste Gulbenkian, um espaço que juntamente com o edifício-mãe da fundação foi declarado Monumento Nacional em 2010.  Continua, até aos dias de hoje, a ser um ambiente perfeito para relaxar da azáfama da cidade. 



Jardim da Cerca das Garça
Calçada do Monte, 44, 1100-362 Lisboa

Este espaço surgiu de um projeto recente que une a Mouraria à Graça. Considerado o segundo maior espaço verde de Lisboa, de acesso público da zona histórica, este jardim contempla um relvado central com três miradouros, um parque de merendas, um pomar, um parque infantil e ainda um quiosque com esplanada.
 


Parque da Quinta das Conchas e dos Lilases
Quinta das Conchas, R. Ladislau Patrício, Lisboa
Datando do século XVI, é uma das quintas mais antigas que restam em Lisboa. Com 24 hectares, oferece um palco para espetáculos, zona de merendas, caminhos florestais, parque infantil e amplo relvado. É adequado para muitas atividades ao ar livre, atraindo pessoas das mais diversas idades, sendo por isso muito valioso para a cidade.
 


Jardim do Cabeço das Rolas
Rua Corsário das Ilhas, Parque das Nações, 1990 Lisboa

Localizado sobre a maior "colina" existente no Parque das Nações, possui uma vista bem abrangente do parque e do rio. A designação de Jardim do Cabeço das Rolas deriva do facto, de em tempos, ter sido ponto de passagem de rolas no seu trajeto migratório. 







 

Ver Todas

Mais Notícias

Grupo

10 PRAIAS À VOLTA DE LISBOA


15/8/2020 • Artigos

O distrito de Lisboa orgulha-se das suas belas e diversificadas praias para todos os gostos, das mai...

Ler Mais
Grupo

ROTEIROS PELOS BAIRROS MAIS TÍPICOS DE LISBOA


26/7/2020 • Artigos

Dos diferentes miradouros da cidade se vislumbra uma mão cheia de bairros típicos, aqu...

Ler Mais
Grupo

ROTEIRO CULTURAL POR BELÉM


17/7/2020 • Artigos

Deixe-se impressionar pela quantidade e qualidade da oferta museológica e de monumentos de Be...

Ler Mais


Ver +
Melhor Preço Online Garantido